Helena Blavatsky e a teosofia: uma vida em busca da espiritualidade

Atualizado no dia por Lena Almeida

No mundo da espiritualidade, Helena Blavatsky é uma figura incontornável. O seu percurso fora do comum e os seus ensinamentos deixaram um legado impressionante sobre a forma como nos apercebemos do invisível. Descubra quem foi e a sua obra.

Helena Blavatsky e a teosofia: uma vida em busca da espiritualidade

Helena Blavatsky, criança mística e precoce

Helena Blavatsky nasceu no Império Russo em 1831 e é uma figura importante do esoterismo. A sua infância foi marcada por fenómenos paranormais e uma grande atração pelo mundo invisível. Ainda muito jovem, já manifestava capacidades psíquicas, fazia experiências de transe místico, de premonições e até levitações segundo alguns testemunhos. Helena queria assim comunicar, ver e ouvir um mundo invisível que acontecia à sua volta. Um mundo de espíritos e de seres subtis. Depois da morte da mãe, foi criada pelos seus avós, tendo descoberto nas estantes destes textos sobre a maçonaria e as ciências ocultas. Ensinaram-lhe a ler e escrever o russo, o alemão, o inglês e o francês. Graças à sua avó, desenvolveu um sentido crítico e espírito científico apurado 🔭 que a acompanhou durante toda a sua vida.

A aventureira: uma procura espiritual à volta do mundo

Depois de fugir de um casamento combinado aos 17 anos, Blavatsky partiu numa longa viagem à procura de tradições místicas e de conhecimentos antigos. O objetivo desta viagem era procurar e encontrar as tradições místicas e os conhecimentos antigos que ainda persistiam nalgumas civilizações do mundo.

Graças à sua insaciável curiosidade e apoiada financeiramente pelo pai, explorou a Índia, o Nepal, o Tibete, a Mongólia, o Japão, o Médio-Oriente, a Síria, o Egito, etc. 🗺️ e assim mergulhou nos rituais ocultos e iniciou-se a várias formas de espiritualidade. O seu objetivo era ainda o mesmo: entrar em contacto com diferentes tribus detentoras de um conhecimento antigo, como por exemplo os xamãs, para encontrar as tradições perdidas.


A teosofia: um ponto entre o Oriente e o Ocidente

No final da sua viagem, Blavatsky concluiu que o Ocidente tinha perdido uma parte significativa da sua herança espiritual, ao contrário do Oriente. Com base nesta constatação, ela lançou as bases do seu futuro sistema místico-religioso: a Teosofia. Para colmatar as lacunas do Ocidente, Helena Blavatsky criou o sincretismo e lançou as bases da Teosofia. Esta doutrina mística procurava juntar as tradições espirituais orientais e ocidentais para revelar as verdades universais.

Em 1873, viajou para os Estados Unidos para apresentar a sua nova doutrina e conhecer melhor o espiritismo, que se desenvolvia na altura, na sequência do que escrevera Allan Kardec. Helena queria provar a realidade do fenómeno e a extensão das suas capacidades psíquicas. Também pretendia mostrar que o espiritismo existia há muito tempo.

société de theosophie

Em 1875, juntamente com Henry Steel Olcott e William Quan Judge, co-fundou a Sociedade Teosófica nos Estados Unidos. O seu lema, "Não há religião superior à verdade", resume perfeitamente a sua missão: promover uma abordagem crítica das religiões e do materialismo científico e incentivar o estudo das antigas doutrinas esotéricas: as tradições primordiais.

➡️ A Teosofia baseia-se em 3 fundamentos:

  • formar um núcleo de fraternidade universal da humanidade, sem distinção de raça, credo, sexo, casta ou cor
  • incentivar o estudo comparativo das religiões, filosofias e ciências
  • estudar as leis inexplicáveis da natureza e os poderes do homem.


Nota*: Desconto válido unicamente na primeira consulta na Wengo com os/as Especialistas que fazem parte da promoção.
**Serviço de Apoio ao Cliente, disponível de segunda a sexta-feira das 08h00 às 21h00; de sábado a domingo das 11h00 às 21h00 (horário de Portugal Continental).


A obra marcante de Blavatsky

📖 Blavatsky deixou para trás duas grandes obras: Ísis Sem Véu e A Doutrina Secreta. O objetivo destes dois textos não era apenas apresentar a doutrina e a ideologia do pensamento da Sociedade Teosófica, mas também relatar a sua procura de iniciação através de várias sociedades esotéricas e xamânicas de todo o mundo. Em busca de antigos rituais e sabedoria, da substância original comum a todas as civilizações: a famosa tradição primordial.

Nos seus textos, combatia a ortodoxia religiosa, apontando as suas falhas e incoerências. Propunha também uma nova versão da história da humanidade, criticando a investigação científica do seu tempo. Hélène Blavatsky afirmava que não tinha escrito estes textos diretamente, mas que foram inspirados por mestres invisíveis: os maitreia ou guias espirituais.

Em A Doutrina Secreta, propôs uma nova cosmogonia. Argumentava que o conhecimento científico do seu tempo era muito inferior ao dos antigos e afirmava também que tinham existido outras humanidades antes da nossa, nomeadamente a da Atlântida. Um elemento não muito diferente das previsões de Edgar Cayce.


Um legado controverso mas duradouro

Helena Blavatsky, falecida em 1891, deixou um legado polémico. De facto, durante a sua vida, foi autora de inúmeras experiências e milagres: materialização de objetos, contactos com seres invisíveis, clarividência, previsões, etc. Afirmava também receber mensagens de seres ascendidos. Mensagens que chegavam sob a forma de cartas misteriosas.

Foi por isso que esta foi investigada pela Sociedade para os Fenómenos Parapsicológicos, cuja conclusão foi que tudo não passava de uma farsa 🫣 ! De facto, as cartas tinham sido colocadas pelos colaboradores de Blavatsky nas pequenas aberturas do chão.

Apesar disso, a sua influência no movimento New Age e na espiritualidade contemporânea é inegável. A sua visão da espiritualidade abriu caminho para uma compreensão mais integradora da realidade, tendo em conta tanto a dimensão visível como a invisível. Ela deu um contributo importante para a definição moderna de "espiritualidade". O seu trabalho continua a inspirar aqueles que procuram alinhar-se com o Universo e viver uma vida mais consciente e serena. Apesar das controvérsias, continua a ser uma figura importante do esoterismo e uma verdadeira pioneira das novas espiritualidades.


Conselho da redação: procura de maior espiritualidade

A vida de Helena Blavatsky recorda-nos que a procura da espiritualidade é uma viagem sem fim, mas esta pode-nos ajudar a viver uma vida melhor, com uma maior abertura de espírito. Nem sempre é fácil viver o dia-a-dia, por isso, se sentir necessidade, contacte um/a dos/as nossos/as especialistas que o/a ajudará.


Descubra também

Artigo sugerido por Lena Almeida

Sou a Lena Almeida e tenho 34 anos. Sou licenciada em letras, adoro ler e escrever. Desde pequena, algo em mim estava sempre interessado pela astrologia, não passava um dia sem ler o meu horóscopo diário. Por isso, quando comecei a escrever para o site meu.astrocenter.pt, senti-me completamente rea...

O seu Horóscopo

Actualidades

3 rituais a praticar na Lua Nova

É a Lua Nova. Esta representa a renovação, o renascimento, o início de um novo ciclo, por isso, que tal aproveitar este momento para começar com novas bases? O principal conselho é ter uma intenção no ritual que fizer! Isto será fundamental!

Descubra os Signos que encontrarão o Amor neste verão!

O Verão é, por norma a época dos encontros! E como todos sonhamos com declarações desenfreadas e aventuras românticas na areia quente, revelamos quais serão os/as solteiros/as mais sortudos/as. O seu Signo fará parte dos que terão a sorte de encontrar o amor neste Verão?

Que Signos terão o melhor Verão das suas vidas?

O Verão é uma época especial do ano. Uma pausa, uma surpresa, uma fuga, as escolhas são numerosas mas os astros não reservam o mesmo programa para todos/as... Descubra sem demora, quais os Signos que terão o melhor Verão das suas vidas!

Últimos artigos

Pêndulo divinatório e gravidez

Está grávida e deseja conhecer o sexo do seu futuro filho? Se tiver um pêndulo divinatório, não há necessidade de esperar pela ecografia reveladora do sexo! De facto, o pêndulo é uma forma simples de determinar o sexo de um bebé que está prestes a nascer… Descubra como funciona!

Como usar corretamente o seu pêndulo para obter respostas claras?

O pêndulo divinatório tem um pequeno tamanho, mas um grande poder: responde a todas as suas questões com um sim, não ou talvez. Mas atenção porque o pêndulo oferece respostas muito codificadas, e cabe-lhe a si fazer as perguntas certas para compreender as respostas. Observe bem os movimentos circulares do seu pêndulo…

Como não influenciar o seu pêndulo? 5 conselhos

O pêndulo é um fascinante objeto divinatório, mas a radioestesia funciona com as vibrações do corpo. Por isso, é natural duvidar da fiabilidade do seu pêndulo, mas temos alguns conselhos para não o influenciar. Se pretende obter respostas fiáveis, siga estes conselhos.

A Cabala, a fita vermelha dos famosos

O que simboliza a fita vermelha no pulso de Madonna, Leonardo Di Caprio, dos Beckham, Paris Hilton ou Mick Jagger? Todos são fãs da Cabala, a ancestral tradição mística judaica, reservada aos eruditos, que foi renovada e que se tornou popular graças às estrelas do cinema e da música!

Artigos favoritos

Como escrever uma carta de pedido ao Universo?

Se está encurralado/a numa situação, saiba que há uma forma simples de conseguir o que quer, analisando os seus desejos, projetando-se no futuro e expressando claramente os seus receios, desejos e sonhos. Pegue num papel e numa caneta, pois explicamos-lhe como pedir ao Universo o que pretende obter.

Quantas rosas deve oferecer?

Um bouquet de 3 rosas não tem o mesmo significado do que um bouquet de 50. A "flor do amor" pode ser oferecida como um pedido de desculpas ou um pedido de casamento; tudo depende do número de rosas que escolher. Para enviar uma mensagem subtil à sua cara-metade, não faça mais escolhas aleatórias. Descubra o significado do número de rosas...

Arrepios espirituais, que mensagem transmitem?

De repente sente um arrepio, ao longo da sua coluna vertebral e até fica com pele de galinha. Mas nem está assim tanto frio. Sente-se bem mas este arrepio trespassa-o/a. É certamente um arrepio espiritual. Estes arrepios espirituais não devem ser ignorados pois transmitem uma mensagem.

Qual o significado de encontrar moedas?

É sempre bom encontrar moedas na rua. Qualquer que seja a quantia, encontrar uma moeda no chão, é sempre engraçado, como se o Universo estivesse a dar-nos um presente. Mas saiba que encontrar dinheiro tem também um significado espiritual. Trata-se de uma mensagem, um sinal que não deverá ignorar…

Qual o significado espiritual de uma lâmpada que pisca ou explode?

Inicialmente pensou apenas numa falha elétrica ou que o problema vinha dos seus olhos; mas não, a lâmpada está mesmo a piscar… Já não há dúvidas, algo está a acontecer e, de repente, a lâmpada explode. Haverá uma explicação espiritual para estes fenómenos?

O que diz o seu Signo sobre si?

Descubra o que o futuro lhe reserva - 📞 308 803 288

Com a conjuntura atual, cada vez mais dúvidas assolam a nossa mente… Já pensou contactar um/a dos/as nossos/as Tarólogos/as e/ou Videntes para o/a elucidarem?

Contactar o 308 803 288 Descubra os/as nossos/as incríveis Especialistas