Entre em contacto connosco
Call 308 803 288
(chamada local)

Entre em contacto connosco
Call 308 803 288 (chamada local)

O que é Karma?

O Karma é o conceito central do pensamento e das religiões indianas (do sânscrito kri, que significa "ação"), relativo às ações e respetivas consequências… Cada ser humano é responsável pelo seu Karma (ou seja, pelos seus actos) e pela saída do Saṃsāra (o ciclo de reencarnações). Descubra este princípio misterioso que nos diz que a nossa vida, depende da forma como agimos nas nossas vidas passadas!

Princípio que quer que a vida dos Homens dependa de suas ações e vidas passadas, o Karma é um conceito central das religiões indianas… Comece a sua viagem pelo mundo fascinante e misterioso do Karma!


Nota*: Desconto válido unicamente na primeira consulta na Wengo com os/as Especialistas que fazem parte da promoção.
**Serviço de Apoio ao Cliente, disponível de segunda a sexta-feira das 08h30 às 17h00 (horário de Portugal Continental).


Definição de Karma

O Karma tem exatamente o mesmo significado no Hinduísmo e no Budismo. É de certo modo, a totalidade de todas as repercussões das ações das nossas vidas anteriores. Como a alma humana passa por um ciclo incessante de renascimento ou migração (Saṃsāra), é natural que todas as ações das vidas anteriores tenham repercussões neste momento.

A forma como “renascemos” e as respetivas condições dependerão, segundo a Lei Kármica, da qualidade ética das nossas ações passadas. Assim, as consequências de cada ação serão repercutidas nas “vidas futuras”. De acordo com esta teoria, o homem torna-se naquilo que realiza, ou seja, as ações positivas de uma existência anterior melhoram as condições de vida da existência futura, enquanto que as más as agravam.

Cada um de nós determina assim, o seu próprio destino na próxima vida. Além disso, nesta sucessão de vidas terrenas, o "atman" (alma individual) continua a ser a essência de cada indivíduo, apesar da total transformação do ser; representando assim, a continuação do “Eu” na migração das almas.

A doutrina do Saṃsāra e do Karma ajuda a explicar a organização das castas na sociedade indiana, pois é a Lei do Karma que irá determinar se se fará parte de uma ou outra casta. Entre duas existências, o homem pode permanecer no céu como uma divindade ou no inferno como um demónio e quando voltar à Terra, nascerá numa das castas ou numa forma não humana. 


>>>> Sabia que o Karma o/a poderá ajudar a encontrar a sua cara-metade?


O Karma no Budismo

O Budismo não tem o caráter fatalista que lhe é normalmente atribuído, ou seja, o nosso destino não está somente intrínseco às nossas ações. Assim, devemos libertar-nos do nosso Karma para ao mesmo tempo nos libertarmos do “ciclo de renascimentos”.

Para o conseguir, terá de respeitar certos princípios tais como: 

  • não sentir qualquer desejo;
  • qualquer ódio;
  • renunciar à ilusão da existência de um “Eu”.

O facto de se acreditar no Karma não significa que se tenha o total conhecimento do mesmo. A produção deste não está somente ligada ao acto em si, mas também à intenção de agir e respetivas consequências. 

Para sair do Saṃsāra e atingir o tão falado Nirvana, ou "o despertar", "sem nascimento, sem criação, sem condição" (que procuram os Budistas mesmo sem o desejarem) é indispensável parar com a produção do Karma.


O Karma no Hinduísmo

Como já foi referido, o Karma é o reflexo das nossas ações nas vidas passadas que se manifestam na atual existência. Como os Budistas, os Hindus procuram sair do “ciclo dos renascimentos” fazendo a experiência de Moksha, "libertação", o equivalente Hindu do Nirvana Budista. Existem várias formas de conseguir isso, mas, são geralmente identificados três "caminhos" (mârga):

  • Karma mârga ou "caminho da ação": consiste em respeitar as obrigações às quais somos submetidos/as pelo nosso nascimento. Para os Hindus, são as obrigações (dharma) relacionadas com a casta em que nasceram;


  • Jñana mârga ou "caminho do conhecimento": rejeitar o materialismo ilusório do mundo, que nos esconde o verdadeiro conhecimento, a verdadeira sabedoria... Esta ilusão (mâyâ) afasta-nos da consciência;  somente praticando o ascese e a meditação será possível elevarmo-nos acima dos desejos criados pelo mâya.


  • Bhakti mârga ou "caminho de devoção": a forma mais popular que encoraja à identificação com uma divindade, frequentemente Râma ou Krishna.

Longe dos conceitos de nossa filosofia ocidental esta crença no Karma significa que, se não conseguirmos concluir algo nesta vida, será na próxima. E isto, desde que se cumpram as obrigações associadas ao nascimento para assim, termos um "melhor nascimento"...


>>>> Existem ligações muito fortes entre o Karma e as almas-gémeas: descubra como estão relacionados!

Deixe o seu comentário

DESCUBRA TODOS OS NOSSOS ARTIGOS REFERENTES À VIDÊNCIA!

Comunicar com o Além... Desenvolver a sua intuição... Descobrir se tem um dom de Mediunidade... Que tipo de oráculos existem? E como os utilizar? Curioso/a? Leia os nossos artigos!

O que é Karma?  Descubra como é que o Karma impactará a sua vida!
Pêndulo de Radioestesia: Como funciona?  Como utilizar o Pêndulo?
Como reconhecer e interpretar os sinais do destino?  Saiba o que o futuro lhe reserva!
Qual Oráculo escolher para as previsões de 2020?  Encontre o seu caminho graças aos oráculos! Surpreenda-se!
Como encontrar emprego graças ao Tarot e à Vidência?  Está preparado/a para a realização profissional?

Contacte-nos!