Entre em contacto connosco
Call 308 803 288
(chamada local)

Entre em contacto connosco
Call 308 803 288 (chamada local)

Como explicar um déjà-vu? O que significa?

É sempre uma sensação estranha. Aquela sensação estranha de ter vivenciado antes o que vive agora com as mesmas pessoas. Já todos experimentamos um déjà vu. Realidade, memória, inconsciência, emoções, tudo parece estar desfocado, mas o que é que estará a passar no nosso cérebro?

Está no seu carro, bem quietinho/a a ver as árvores a passar e de repente sente como se já lá estivesse estado antes… o que é que estará a acontecer no seu cérebro nesse momento? Porque é que temos por vezes a sensação de déjà vu?


Nota*: Desconto válido unicamente na primeira consulta na Wengo com os/as Especialistas que fazem parte da promoção.
**Serviço de Apoio ao Cliente, disponível de segunda a sexta-feira das 08h00 às 20h00 (horário de Portugal Continental).


Porque é que por vezes temos uma sensação de déjà vu?

Há várias teorias relativas ao fenómeno do déjà vu. Pitágoras acreditava que o déjà vu estava relacionado com uma vida passada, enquanto Freud afirmava que era um desejo reprimido. Mas existem outras teorias que se mantêm firmes.


Uma memória esquecida

Quando o cérebro vê uma imagem, pode colocar nela todas as imagens correspondentes e resultantes das nossas próprias memórias ou memórias que nos foram transmitidas. Na verdade, isto é uma falha de memória. Estas memórias haviam sido esquecidas, mas persistem no nosso inconsciente. É por isso que podemos ter um sentimento de familiaridade em certas situações.


Uma proteção

O déjà vu também pode ser símbolo de proteção. Quando nos encontramos numa situação desconfortável, que consideramos desconfortável ou por vezes perigosa, com pessoas desconhecidas, o déjà vu pode ser uma técnica utilizada pelo cérebro para se proteger a si próprio/a. Cria uma imagem familiar para nos tranquilizar. Também podemos experimentar este meio de proteção depois de ter terminado uma relação ou durante uma fase de luto.


A sensação de déjà vu explicada pela ciência

Uma memória esquecida, um desejo secreto, uma premonição, uma recordação de uma vida passada, e fosse apenas uma disfunção cerebral?

Submetido/a a stress, fadiga ou mesmo embriaguez, o cérebro pode ficar confuso/a e acabar por não distinguir um fato novo de fato conhecido. Esta discrepância cria uma impressão de déjà vu, porque o nosso cérebro toma o presente por um momento como uma memória.


O déjà vu seria, portanto, uma simples impressão. Isto não significa que não há nenhuma mensagem escondida por detrás dessa sensação? Achamos que não é verdade! O nosso inconsciente pode estar a tentar revelar-nos algo...


Por Isabel Barbosa

Sempre tive a impressão de que poderosas forças regem o nosso mundo, o que me levou a querer aprender mais sobre este assunto. Hoje, é um prazer partilhar convosco os meus conhecimentos e aconselhar-vos, para que possam também encontrar o vosso caminho!

Sempre tive a impressão de que poderosas forças regem o nosso mundo, o que me levou a querer aprender mais sobre este assunto. Hoje, é um prazer partilhar convosco os meus conhecimentos e aconselhar-vos, para que possam também encontrar o vosso caminho!

Deixe o seu comentário

Descubram os/as nossos/as Especialistas através de uma fantástica entrevista!

Últimos artigos relativos relativos à Vidência

Tudo sobre Horas Iguais e Invertidas: Significados e Mensagens  Descubra a mensagem que o seu Anjo tem para lhe revelar!
Entrevista ao Tarólogo Adão  Descubra o dom do Tarólogo Adão...
Mediunidade   A Mediunidade é um dom capaz de desvendar eventos passados, presentes e futuros. Venha descobrir!
Vidência   Descubra tudo a propósito do dom de Vidência e de como este o/a poderá ajudar.
Tarot por telefone a partir de 1€/min  Descubra os nossos Tarólogos e Videntes
Oráculos  Questões profissionais, sentimentais financeiras? Venha descobrir como os Oráculos lhe poderão dar todas as respostas de que precisa para encontrar o caminho que lhe permitirá sentir-se realizado/a a todos os níveis!

Contacte-nos!