Entre em contacto connosco
Call 308 803 288
(chamada local)

Entre em contacto connosco
Call 308 803 288 (chamada local)

Nunca sopre numa vela para a apagar: descubra porquê!

As velas têm um poder muito forte em muitos rituais ou em magia negra, vermelha ou branca. Se a chama pode acalmar as almas e afastar os maus espíritos, sabia que soprar a vela destrói todos os seus efeitos? Descubra porque nunca deve soprar uma vela para a apagar.

Para simplificar, costumamos frequentemente apagar as velas em aniversário e em casa. No entanto, esta prática não é a ideal.


Nota*: Desconto válido unicamente na primeira consulta na Wengo com os/as Especialistas que fazem parte da promoção.
**Serviço de Apoio ao Cliente, disponível de segunda a sexta-feira das 08h00 às 20h00 (horário de Portugal Continental).


Porque nunca se deve apagar uma vela?

Em rituais ou orações, cada cor de vela tem um significado específico. As velas são amplamente utilizadas para acalmar as almas e afastar más vibrações. 

A cera da vela representa a ancoragem na terra, enquanto que a chama representa a ligação com o céu. Apagar uma vela seria como apagar os seus benefícios, a ligação com a divindade contratada seria cortada de forma muito abrupta e as energias abruptamente interrompidas.


Como extinguir uma vela?

Hoje em dia, a maioria das velas são parafínicas e baratas. É portanto preferível deixá-las a arder completamente num local seguro. Se optar por uma vela tradicional (como por exemplo uma vela de cera de abelha), que são mais caras, pode extinguir a chama com os dedos humedecidos, uma colher ou um rapé.


Como se acende uma vela?

Nunca utilize um isqueiro para acender uma vela. O preferível seria usar um fósforo, por ser feito de madeira (associado à terra, um dos quatros elementos).

Finalmente, como com as velas, nunca se deve apagar o fósforo, o melhor seria deixá-lo extinguir-se por si mesmo.



Por Inês Moreira

Inês é redatora do site meu.astrocenter.pt. Sonhadora, apaixonada por Psicologia e Jornalismo, está ligada ao Tarot e à Astrologia desde a infância. Foi explorando este lado mais místico durante algum tempo, mas somente, aos 23 anos encontrou o equilíbrio e descobriu a sua vocação... Escrever para um...

Inês é redatora do site meu.astrocenter.pt. Sonhadora, apaixonada por Psicologia e Jornalismo, está ligada ao Tarot e à Astrologia desde a infância. Foi explorando este lado mais místico durante algum tempo, mas somente, aos 23 anos encontrou o equilíbrio e descobriu a sua vocação... Escrever para um site que lhe permita partilhar os seus conhecimentos, ao mesmo tempo que acompanha e tranquiliza as pessoas que desejam conhecer os diferentes oráculos ou ainda são céticas a esta perspectiva de aconselhamento e bem-estar. Este conhecimento do Tarot, da Astrologia e das Terapias Alternativas permitiu-lhe encontrar a harmonia e a realização com que sempre sonhou para a sua vida.

Continuar a ler

Deixe o seu comentário

Contacte-nos!